O que posso fazer para facilitar o processo de Adaptação? PDF Imprimir E-mail


• Mesmo pequena, a criança normalmente entende tudo o que lhe é falado. É importante conversar sobre o que vai acontecer, passando sempre tranqüilidade e assegurando à criança onde estará e o que fará, em cada momento da adaptação.

• É recomendável que no 1 o dia de adaptação a criança permaneça na creche/escola por apenas uma hora e meia, em média. A educadora irá combinando com o responsável o tempo de permanência de cada dia e a necessidade ou não da presença deste, junto à criança.

• Procurar manter a freqüência à creche, principalmente nos primeiros dias, de forma a não interromper o processo.

• Na adaptação, a criança deverá ser acompanhada pela mãe ou por outra pessoa com que tenha um bom vínculo afetivo. Porém, é importante que seja apenas uma pessoa e, se possível, sempre a mesma.

• É recomendável que a criança, na medida do possível e de sua fase de desenvolvimento, chegue à creche andando e de mãos dadas com sua mãe, pois, na maioria das vezes, esta postura na chegada facilita que a criança se solte do adulto que a trouxe e acompanhe a educadora em alguma atividade.

• Considerando-se as diferenças, o processo de adaptação de seu filho(a) poderá demorar tanto quanto for necessário. Toda a equipe da creche/escola Casa de João de Barro estará à disposição para ajudá-los, auxiliando nas eventuais dificuldades e dando esclarecimentos em qualquer necessidade.